Skip to Content

Encontro Fluminense de Educação Física Escolar

Estamos divulgando o Encontro Fluminense de Educação Física Escolar, que ocorrerá nos dias 14 e 15 de agosto de 2015. Para maiores informações consulte os anexos.

Fotos do V SNF

O V Seminário Nacional sobre Formação de Educadores de Jovens e Adultos ocorreu entre os dias 13 e 15 de maio em Campinas (SP), com o tema "Formação de Educadores de Jovens e Adultos na perspectiva da educação popular". As fotos deste evento estão disponíveis em anexo.

Memória do III EREJA - 2015

O III Encontro Regional de Educação de Jovens e Adultos da região Sudeste foi realizado entre os dias 30 de abril e 02 de maio de 2015 em Angra dos Reis, RJ. Disponibilizamos, para recordar e informar, alguns materias e registros do evento, que teve como tema "O PNE e as políticas locais: desafios e lutas da EJA no novo cenário político".

Fórum EJA RJ - Edição Maio 2015

O Fórum de Educação de Jovens e Adultos do mês de Maio será no próximo dia 18 e terá como principal objetivo fazer um balanço das discussões e deliberações do III EREJA e do V SNF. 

III Encontro Regional dos Fóruns de Educação de Jovens e Adultos da Região Sudeste

1.EREJA SUDESTE.jpg

Angra dos Reis, de 30 de Abril à 2 de Maio de 2015

Tema: "O PNE E AS POLÍTICAS LOCAIS: DESAFIOS E LUTAS DA EJA NO NOVO CENÁRIO POLÍTICO"

 

Fórum EJA RJ - Edição Abril 2015

No mês de abril não haverá o Fórum de Educação de Jovens e Adultos, devido à realização do III EREJA na cidade de Angra dos Reis, de 30/04 à 02/05. Desde já informamos as datas dos encontros seguintes: 18/05 e 22/06. Ambos ocorrerão na UERJ, às 14h. Mais adiante disponibilizaremos o folder.

 
Esperamos você!

Fórum EJA-RJ edição de novembro

O Fórum de Educação de Jovens e Adultos de novembro abordará o processo de  construção dos Planos Estadual e Municipais de Educação a luz do Plano Nacional de Educação (PNE 2014-2024), como o grande desafio  de se preparar um plano constitucional e articulador do Sistema Nacional de Educação. 
Além disso realizaremos a avaliação dos fóruns realizados em 2014 e indicações de temas a serem abordados nos Fóruns de EJA em 2015.

VIII Encontro de Alunos da Educação de Jovens e Adultos da Rede Pública do Sistema Municipal de Ensino do Rio de Janeiro

Estamos estudando para nos prepararmos para as diversidades de nosso cotidiano. Desde o momento que reiniciamos nosso estudo no PEJA, reaprendemos a sonhar um futuro melhor: ter profissão, fazer faculdade, ajudar nossos filhos nos estudos, fazer concurso público, enfim, ter uma vida com mais conforto.

 

Se o povo se unir, as coisas vão melhorar.

Todos em seus bairros deveriam participar de reuniões, com representantes das Regiões Administrativas, para juntos buscar soluções para os problemas que dificultam a relação entre ambiente e vida saudável.

 

É tempo de mudanças e conquistas!

A consciência de que precisamos lutar pelo direito a um ambiente e a uma vida saudáveis começa em nossa casa. A família tem o dever de preparar seus filhos e descendentes, ensinando-lhes valores e cidadania, considerando o fato de que qualquer um de nós pode ser vítima de uma sociedade cruel que seleciona, exclui e discrimina.

 

O PEJA acolhe o verdadeiro retrato da diversidade desse país.

Existe uma grande diversidade no Brasil e ela está presente na maneira de pensar, no tipo de convivência, na capacidade de lidar com várias situações do cotidiano. São adolescentes, jovens, adultos e idosos, brancos, negros, índios e pardos, “doces como rapadura” ou “temperados com dendê”, acanhados com “uai!” ou encantados com samba no pé ou no batidão do funk... É o Brasil e, às vezes, até o mundo, convivendo, trocando e aprendendo.

 

Educação em Rede

VII Encontro de Alunos da Educação de Jovens e Adultos – Rede Pública do Sistema Municipal de Ensino do Rio de Janeiro

EDUCAR PARA AS DIVERSIDADES CONTRA AS DESIGUALDADES

Primavera de 2012

Esse texto foi produzido juntando fragmentos dos textos coletivos que cada escola do PEJA escreveu explicando como elas educam para as diversidades contra as desigualdades.

 

 

“É na diversidade que se constrói a unidade.”

Somos diferentes. Diferentes mas iguais. Iguais no ciclo da vida. Somos iguais nas nossas dores. Iguais nas nossas alegrias. Somos cidadãos, temos direitos e deveres iguais. No entanto, há intolerância para aqueles que fogem de um padrão que o mundo estabelece. Vivemos num mundo desigual.

Nós somos um saquinho de retalhos que vem de todo o país, formando uma colcha linda, de diversas cores e formas. Por isso é que somos iguais, retalhos do mesmo saco.

Quando a gente pensa nesse lance de diversidade, logo pensamos no povo lá do Norte. A favela está cheia de gente de lá.  Aqui mesmo na escola temos muitos. Viemos para trabalhar e ganhar mais dinheiro, porque a vida lá no Norte é muito dura, mas aqui não é diferente. Dizemos que queremos voltar, mas o dinheiro nunca dá. E ainda temos  que ouvir as piadas do pessoal na favela e até aqui na escola, que nos chamam de cabeça chata.

       Na verdade, homens e mulheres, jovens ou idosos estão expostos a todo tipo de violência física, mental e econômica sendo que esta última agrava todos os outros problemas, pois sem dinheiro a alimentação é ruim, a saúde é prejudicada e a vida fica em preto e branco.

Metodologia de construção do texto coletivo do Encontro de Alunos da EJA Rio

As escolas da Educação de Jovens e Adultos da Rede Pública do Sistema Municipal de Ensino do Rio de Janeiro (EJA Rio) realiza anualmente a construção de um texto coletivo que no “Encontro de Alunos

O processo de construção desse texto coletivo acontece da seguinte forma:

1)No início do ano a Gerência de Educação de Jovens e Adultos (GEJA) envia para as escolas um tema para promover uma articulação do trabalho a ser desenvolvido.

 2) A GEJA oferece para as escolas materiais para  subsidiar o trabalho sobre a temática proposta. Esse apoio político pedagógico ocorre também por meio de reuniões e encontros de estudos que acontecem ao longo do ano. Nesse contexto são realizadas oficiinas nas quais os Professores Orientadores, Coordenadores Pedagógicos das escolas e profissionais das CRE utilizam a metodologia de construção do “Discurso do Sujeito Coletivo” (Lefévre) na produção de textos.

3)Durante o ano as escolas desenvolvem o tema com toda a comunidade escolar.

4)Próximo ao dia do “Encontro de Alunos da EJA Rio” cada escola, utilizando metodologia de construção do “Discurso do Sujeito Coletivo”, constrói um texto de uma página. Em cada CRE é realizada uma reunião dos alunos  representantes das escolas do território para que esses, a partir é produzido pelas, construa o texto coletivo regional. Com base nessa metodologia á produzido o texto coletivo final que é apresentado “Encontro de Alunos da EJA Rio”.

Fórum EJA-RJ edição de outubro

Mais uma vez estaremos promovendo o encontro com os profissionais de todo o estado. Para mais informações, veja o cartaz anexo.

Chamada para o 13º Curso de Extensão: "Formação de Alfabetizadores de Jovens e Adultos"

Estão abertas as inscrições para o  13º  Curso de Extensão: "Formação de Alfabetizadores de Jovens e Adultos".

CARTA ABERTA DAS ENTIDADES E MOVIMENTOS EDUCACIONAIS: É PRECISO APERFEIÇOAR O RELATÓRIO DO PNE PARA GARANTIR UM PLANO CAPAZ DE CONSAGRAR O DIREITO À EDUCAÇÃO NO BRASIL

Brasil, 31 de março de 2014.

Com o intuito de garantir um Plano Nacional de Educação (PNE) capaz de colaborar decisivamente com a consagração do direito à educação pública de qualidade, as entidades e os movimentos educacionais signatários solicitam às deputadas e aos deputados federais que compõem a Comissão Especial do PL 8035/ 2010 o destaque a três pontos do relatório do Dep. Angelo Vanhoni (PT-PR).

Mesmo afirmando que na Meta 20 do PNE o investimento público será em educação pública, ao incorporar proposta do Senado Federal na forma do parágrafo 4º ao Art. 5º, o relatório do Dep. Vanhoni  acaba por estabelecer uma nova maneira de contabilizar o investimento em políticas públicas educacionais.

Para considerar na contabilização da Meta 20 do PNE (10% do PIB para educação pública) programas como Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), ProUni (Programa Universidade para Todos), Ciências Sem Fronteiras e FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), além de matrículas em creches e pré-escolas conveniadas, o relator absorve um dispositivo que pode levar à falta de garantia da expansão da educação pública nos diversos níveis e modalidades de ensino.

Datas dos encontros do Fórum em 2014

calendario2.jpg

Seguem abaixo as datas em que o Fórum se reunirá no ano de 2014. Conforme as datas forem se aproximando lembraremos pelo e-mail do Fórum.

17 de março
14 de abril (antecipado devido ao feriado)
19 de maio
09 de junho (cancelado devido a copa)
21 de julho ( a confirmar)
18 de agosto
15 de setembro
20 de outubro
17 de novembro

Programa Brasil Alfabetizado 2014

Encontram-se abertas, de 05 a 07 de fevereiro de 2014, as inscrições para alfabetizadores e coordenadores do Programa Brasil Alfabetizado. Maiores informações vide anexo.

Brasil é o 8º colocado no índice de adultos analfabetos segundo a UNESCO

Brasil não deve cumprir meta contra analfabetismo
29/01/20140 - 8h14
São Paulo - O Brasil tem 13,9 milhões de analfabetos adultos, segundo levantamento feito entre 2005 e 2011 pela Unesco, no Relatório de Monitoramento Global de Educação para Todos, que será divulgado nesta quarta-feira, 29. O número é maior do que a população de São Paulo, 11,8 milhões, e de todo o Estado do Rio Grande do Sul, 11,1 milhões. O País está entre os dez que concentram a maior parte (72%, no total) do número de analfabetos adultos do mundo, que é de 774 milhões, junto com Índia, China, Paquistão, Bangladesh, Nigéria, Etiópia e Egito.

CONAE 2014- Posicionamento Público

Brasil, 28 de janeiro de 2014.
 
 
POSICIONAMENTO PÚBLICO
Cancelar a Conae-2014 foi decisão arbitrária,
mas não desmobilizará a defesa de um PNE pra Valer!
 
 
 
A rede da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, composta por centenas de entidades, movimentos e organizações de todas as regiões do país, repudia o cancelamento da etapa federal da Conferência Nacional de Educação de 2014 (Conae-2014), por decisão unilateral e arbitrária do Ministério da Educação (MEC).
 

Indicação de Pareceristas para o Programa Brasil Alfabetizado

Os Fóruns de EJA devem indicar pareceristas que serão encarregados de aplicar os 4 instrumentos de avaliação e construir relatórios para cada um deles e geral.
Para isso, todos os 98 pareceristas receberão formação coletiva para uniformizar a lógica com que atuarão na coleta dos dados e na elaboração dos relatórios e na inclusão dos dados no Sistema (SAE).
O processo geral de aplicação dos instrumentos será em março.
São 50% dos municípios que aderiram ao PBA em 2013 e a  intenção é uma radiografia do PBA.

Plano Nacional de Educação Popular (PNEP)

O governo da presidenta Dilma Roussef, por meio da Secretaria Geral da Presidência da República, está prestes a lançar o Programa Nacional de Educação Popular. Ainda em fase de elaboração o PNEP dispõe do Marco Referencial disponível no site http://www.participa.br/educultura para que seja analisado e aqueles que se interessarem enviem sugestões para a qualificação desse documento como uma forma de participação coletiva. Em seguida o PNEP terá seu Marco Regulatório e será oficialmente lançado no CONAE.

Programa Nacional do Livro Didático 2013/2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão
Diretoria de Políticas de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos
 
 
 
Brasília, 28 de novembro de 2013.

Medalhas Pedro Ernesto ao Professor Osmar Fávero

 Todos estão convidados a participar do evento de entrega de Medalhas Pedro Ernesto ao Professor Osmar Fávero, que se realizará dia 29 de novembro de 2013, às 18h, no  Palácio Pedro Ernesto (Câmara Municipal). Haverá também aula pública sobre a história do EJA no Rio de Janeiro.

Para maiores informações veja o folder em anexo.

Construindo o X Encontro Nacional do MOVA Brasil 2014

Está se completando 10 anos de MOVA Brasil, e também uma década do I Encontro Nacional, que teve lugar em Porto Alegre em 2000, uma proposta da Secretária Estadual de Educação do Rio Grande do Sul, em parceria com o MOVA-RS, e apoios do Instituto Paulo Freire e Ação Educativa, ambos de São Paulo. Dessa forma, todos que estiverem vinculados aos MOVAS, ou participaram, estão convidados para os debates afim de construir o X MOVA Brasil, que acontecerá no RS, na segunda quinzena de agosto, com capacidade para aproximadamente 500 delegados.

Os interessados devem enviar até 20/11/2013, para o email liana13borges@hotmail.com, os seguindes dados: nome completo, endereço completo, telefones fixo e celular, email, e especificar qual vínculo estabeleceu ou estabelece com o MOVA. 

PROEJA- Colégio Pedro II

Estão abertas as inscrições para o  processo seletivo do PROEJA, do Colégio Pedro II, de 05 a 21 de novembro de 2013. Para maiores informações e para se inscrever acesse o site: http://www.cp2.g12.br/index.php?option=com_content&view=article&layout=edit&id=980

O PROEJA tem como perspectiva a proposta de integração da educação profissional à educação básica buscando a superação da dualidade trabalho manual e intelectual, assumindo o trabalho na sua perspectiva criadora e não alienante. Isto impõe a construção de respostas para diversos desafios, tais como, o da formação do profissional, da organização curricular integrada, da utilização de metodologias e mecanismos de assistência que favoreçam a permanência e a aprendizagem do estudante. Veja mais no site: http://portal.mec.gov.br

 

 

Processo Seletivo Público para a contratação de Professor Substituto de EJA - UFRJ

Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ

Processo Seletivo Público para a contratação temporária de pessoal

Edital 384

Em 11 de Novembro de 2013

O Magnífico Reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna pública a realização de Processo Seletivo Simplificado destinado à contratação de pessoal para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público, considerada no Inciso IV do Art. 2º da Lei Federal No 8.745, de 09 de dezembro de 1993. O presente Processo Seletivo Simplificado será realizado em conformidade com a legislação vigente, em particular com a Constituição Federal de 1988, com a Lei Federal no 8.745, de 09 de dezembro de 1993, com os Decretos Federais no 4.748, de 16 de junho de 2003, no 6.479, de 11 de junho de 2008, no 6.593 de 02 de outubro de 2008, no 6.944 de 21 de agosto de 2009, no que couber, pela Resolução CEG/UFRJ no 6/2013 e pelo instituído no presente Edital e destina-se ao provimento de vagas definidas para o ano 2014.

(...)

Contribuições do Fórum de EJA do RJ para a CONAE 2014

Contribuições do Fórum de EJA do Rio de Janeiro para a CONAE 2014. Veja as propostas para os Eixos:

MOÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO FÍSICA NA EJA

"Como Professores de Educação Física da Rede Pública e alunos do “Curso de Extensão em Educação Física Escolar na EJA”, desenvolvido pelo Instituto de Educação Física (IEF) da Universidade Federal Fluminense (UFF), recolhemos as assinaturas, de moradores no Estado do Rio de Janeiro, os quais APOIAM a Prática Pedagógica da Educação Física na Educação de Jovens e Adultos (EJA), por entenderem que a plena formação humana é direito e faz parte do desenvolvimento da nossa sociedade. SOLICITAMOS que a Coordenação desse Curso de Extensão, junto com Direção do IEF/UFF, encaminhe essas assinaturas às Coordenações Municipais e Estadual da EJA e aos Secretários Municipais e Estadual de Educação do Estado do Rio de Janeiro, com a finalidade de que a EDUCAÇÃO FÍSICA, como prática pedagógica, e seus Professores, como Profissionais da Educação, recebam atenção necessária e estejam na matriz curricular da EJA."

Segue em anexo o documento.

 

Livro de Língua Portuguesa para jovens e adultos não ensina erros

Reunimos diversos textos de profissionais e professores/pesquisadores do campo de estudos da língua e da linguagem que circularam na mídia eletrônica. Alguns apresentam argumentos preconceituosos que impregnam as críticas ao livro, outros,  além de esclarecedores, identificam e combatem estas críticas. 

  • Clique aqui para ler o capítulo do livro "Para uma vida melhor" que gerou tanta polêmica.
  •  Acompanhe aqui a repercursão do caso sob diferentes óticas
Conteúdo sindicalizado