Skip to Content

Manifesto do Fórum Mineiro de EJA em Defesa da Democracia e de sua expansão e fortalecimento

Carta Fomeja Março 2016

O Fórum Mineiro de EJA (Fomeja) vem reafirmar seu compromisso com a emancipação e a garantia de direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras, que historicamente não tinham acesso a escola, trabalho e vida dignos. Pelo que vem acontecendo no país, com ondas de retrocesso e de ódio, o Fomeja defende, entre outras coisas, o fortalecimento do PROEJA (Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos) e PRONERA (Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária).

Leia a carta na íntegra aqui

A EJA avança em meio a esperanças

carta foruns de eja no brasil

Imagine enviar uma carta e esperar por anos pela resposta. Imagine que essa carta foi escrita por você e por várias pessoas, e todos vocês ficaram esperando pela resposta. Imagine agora que essa carta tratava de um direito sequestrado de 87 milhões de pessoas.

Os Fóruns de EJA do Brasil lançaram uma carta expondo toda essa situação e solicitando a continuidade do processo de debate e elaboração da Política Nacional de EJA, em função do Plano Nacional de Educação.

Clique na imagem ao lado ou aqui e leia a carta na íntegra.

Vai ter Seminário Nacional de Balanço da Confintea +6 !!!

Carta de apoio ao Seminário Nacional de Balanço da Confintea +6

Os Fóruns de EJA do Brasil vêm manifestar sua satisfação com a proposta de realização do Seminário Nacional de Balanço da Confintea +6 e reafirma posição favorável à realização do Seminário na data agendada, 25 e 26 de abril, em Brasília. 

Para os 88 milhões de brasileiros que tiveram seu direito à educação negado – quando não puderam completar sua escolaridade básica ainda na infância e na adolescência, a realização da Confintea Brasil + 6 representa um momento de extrema importância na medida em que possibilita o redimensionamento e a reafirmação das políticas públicas acordadas e assinadas pelo Brasil no marco das relações internacionais para superar esta realidade tão indesejada, discriminadora e excludente.

Temos acompanhado e contribuído com o Ministério da Educação (MEC) na proposição de política pública, ao sermos chamados ou quando nos indicamos, nas iniciativas que revelam que este Ministério esteja se aproximando dos princípios da participação popular e quando atua no sentido de considerar e pautar o direito dos sujeitos pela Educação. A atual gestão da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) vem demonstrando compromisso político com as causas populares e por essa razão merece e tem nosso reconhecimento. 

Apoio à ocupação da Sedu/ES pelo MST

Fonte: Século Diário

Os Fóruns de EJA do Brasil, dando continuidade à nossa luta por uma política pública que pense a Educação de Jovens, Adultos e Idosos, ao longo da vida, como direito individual e de classe, com qualidade social, com elevação de escolaridade de Trabalhadores integrada à Educação Profissional, na perspectiva da Educação Popular, no campo e na cidade, manifestamos nosso apoio à ocupação promovida pelo MST à sede da Secretaria de Educação do Estado do Espírito Santo (Sedu/ES), por estarmos em acordo com a necessidade da imediata reabertura de turmas, turnos e escolas de EJA que tenham sido fechadas de 2015 até a presente data.

Somos, também, pela abertura de turmas, turnos e escolas onde a demanda pelo direito constitucional à educação se fizer necessário no estado do Espírito Santo.

Fóruns de EJA do Brasil, 18 de fevereiro de 2016.

Representantes da EJA pelo Brasil se encontram com Ministro da Educação

Realizada no dia 7 de dezembro de 2015, a reunião entre representantes da Comissão Nacional de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos (CNAEJA), dos Fóruns de EJA pela Brasil, da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação (Anped) e do Ministério da Educação teve como pauta o atendimento das reinvidicações do movimento pela defesa da EJA pelo MEC.

Leia Mais

Fórum Mineiro de EJA se manifesta sobre o Documento Base Nacional Curricular Comum

12308778_939365302765315_6927082697009647529_n.jpg

A Educação de Jovens, Adultos e Idosos na Base Nacional Curricular Comum (BNCC)

O Fórum Mineiro de EJA, discorda do Documento Base Nacional Curricular Comum (BNCC) quanto a sua concepção e quanto à metodologia que vem sendo utilizada para sua construção, de forma a torna-lo democrático e participativo e com garantia do direito ao respeito e reconhecimento das diversidades presentes na EJA.
 

Leia Mais

Participantes do XIV Eneja aprovam poema de indignação e solidariedade ao povo atingido pela Samarco/Vale

sua vida vale quanto

Moção de Indignação e de Solidariedade ao povo atingindo pelo crime ambiental/social/político/econômico capitalista da Samarco/Vale

Os delegados e as delegadas presentes ao XIV Eneja - Encontro Nacional de Educação de Jovens e Adultos, realizado em Goiânia, de 18 a 21 de novembro de 2015, aprovamos o poema de autoria da Professora Analise da Silva, lido no momento da abertura deste nosso encontro como Moção de Indignação e de Solidariedade ao povo atingindo pelo crime ambiental/social/político/econômico capitalista da Samarco/Vale.

Leia Mais

Manifesto contra esvaziamento ou extinção da Secadi\MEC

A Extinção ou Esvaziamento da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão é um retrocesso sem precedentes, pois é “fundamental diminuir a distância entre o que se diz e o que se faz, de tal forma que, num dado momento, a tua fala seja a tua prática”. Portanto os Fóruns de EJA do Brasil e a Rede MOVA-Brasil lançaram um pedido de explicações ao MEC sobre as intenções acerca da Secadi.

Leia a Carta na íntegra pelo link abaixo

 

Nota pública dos Fóruns de Educação de Jovens e Adultos do Brasil

Nota Publica

Fóruns de EJA do Brasil lançaram uma nota pública saudando ao Ministério da Educação e ao Institulo Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira pelas questões presentes na última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (2015).

Clique na imagem ao lado para ampliá-la.

Decreto regulamenta a meia-entrada e a reserva de vagas a jovens de baixa renda no transporte interestadual

Meia entrada Transporte Gratuito

Editado em 05/10/2015, pela Casa Civil da Presidência da República, o decreto n. 8537 especifica as regras para acesso ao benefício da meia-entrada em eventos artísticos, culturais e esportivos e os critérios para reserva de duas vagas gratuitas e duas com desconto de 50%  por veículo de transporte interestadual para jovens de 15 a 29 anos de baixa renda.

Leia Mais

Conteúdo sindicalizado