Skip to Content

I Seminário de Pesquisadores e Extensionistas sobre Educação de Jovens e Adultos na UFMG

De 29 a 31 de março de 2017 será realizado o I Seminário de Pesquisadores e Extensionistas sobre Educação de Jovens e Adultos na UFMG. Nesse Seminário, reuniremos, pela primeira de muitas outras vezes, professores universitários, estudantes universitários, pós-graduandos e demais interessados na pesquisa, na extensão e nos estudos que ocorrem na UFMG em todas as áreas sobre o estudo, a formulação e a elaboração das políticas públicas que tratem de Jovens, Adultos e Idosos. Um dos objetivos deste Seminário é a constituição de uma Rede de Pesquisadores e Extensionistas na temática. 

A dinâmica do Seminário contará com Conferência de Abertura dia 29 à noite; Apresentações de Trabalhos de Pesquisa e Extensão dos professores universitários e de universitários orientados por estes, dia 30, manhã e tarde; atividade cultural à noite; conversas sobre encaminhamentos da organização dos docentes envolvidos com Jovens, Adultos e Idosos na UFMG, dia 31, pela manhã e, finalmente, a fala de um especialista em política pública dizendo das possibilidades de Redes que registrou sobre as apresentações. Outro objetivo desse Seminário é darmos início à construção da ideia e depois termos uma edição de um livro online com o registro de experiências relatadas.

O que o MEC ainda precisa fazer pela EJA em 2016?

eja.jpg

O ano de 2016 está acabando e o Ministério da Educação ainda está com dívidas em relação à garantia da oferta e garantia da Educação de Jovens e Adultos para brasileiras e brasileiros de todas as regiões do país. Com o objetivo de reunir todas as ações necessárias porém não efetivadas, os Fóruns de EJA do Brasil, a Comissão Nacional de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos (CNAEJA) e o Grupo de Trabalho n. 18 da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped) lançou um documento 22 tópicos que vão desde assumir a Educação Popular na EJA até manutenção do apoio à pesquisa em EJA pelas agências de fomento.

Acesse o arquivo completo no link abaixo.

NOTA PÚBLICA EM SOLIDARIEDADE AO MST E EM REPÚDIO À OPERAÇÃO DA POLÍCIA DE SÃO PAULO CONTRA A ESCOLA NACIONAL FLORESTAN FERNANDES

eff.jpg

Docentes da Licenciatura em Educação do Campo (LeCampo) e o Núcleo de Estudos e Pesquisa em Educação de Jovens e Adultos (NEJA) da Universidade Federal de Minas Gerais, em reunião realizada no dia 16 de novembro, se manifestaram contra os ataques de agentes do Estado à Escola Florestan Fernandes no início deste mês. Além disso se posicionam solidariamente ao Movimento Sem-Terra (MST) que vem resistindo a incessantes golpes contra o direito de manifestação garantido na Carta Magna.

Leia abaixo a íntegra a nota pública.

Fórum Estadual de Educação de Minas Gerais se posiciona contra à PEC 241

PEC 241: aja não!

Entidades da educação mineira e nacional reunidas no Fórum Estadual de Educação de Minas Gerais lançaram a segunda nota em relação à PEC 241, reafirmando o compromisso com a Educação baseada na democracia.

Leia o documento na íntegra clicando aqui.

Fóruns de EJA na luta pelo cumprimento da Meta 10 do PNE

meto10.PNG

Os Fóruns de EJA do Brasil estão na luta em defesa do cumprimento da lei n. 13.005/2014, em defesa da manutenção e do fortalecimento do PNE e em defesa da Educação de Jovens e Adultos, e precisamos de sua participação assistindo este vídeo (clique aqui), divulgando com seus conhecidos, compartilhando e fazendo comentários sobre ele.

Em sua Meta 10, o PNE estabelece como obrigação do Estado brasileiro fornecer, no mínimo, 25% das matrículas de Educação de Jovens e Adultos, nos ensino fundamental e médio, na forma integrada à educação profissional.

Nosso objetivo é contar com você em nossa ação para lembrar aos governantes o que é dever deles de acordo com a lei n. 13.005/2014, cobrando o cumprimento do PNE, em especial, a Meta 10, pois já faz dois anos que o PNE foi aprovado!

Nenhum Direito a Menos!

Na luta pelo cumprimento do Plano Nacional de Educação - Meta 9

meta9.PNG

Os Fóruns de EJA do Brasil desejam que você some conosco na construção da efetividade da Meta 9 do Plano Nacional de Educação (Lei n. 13.005/2014 - PNE) que diz que é dever do Estado brasileiro elevar a taxa de alfabetização da população com 15 anos ou mais para 93,5%  até 2015 e, até o final da vigência deste PNE, superar o analfabetismo entre jovens, adultos e idosos e reduzir em 50% a taxa de analfabetismo funcional.

Acesse o vídeo aqui.

Ajudem-nos a compartilhar a Meta 9 pois já faz doiz anos que ela está no papel!!!

Fóruns de EJA do Brasil em apoio ao Estado Democrático de Direito

Durante a II Plenária Nacional de Educação, realizada em junho de 2016, os Fóruns de EJA do Brasil reafirmaram seu compromisso com a garantia de direitos de jovens e adultos à educação de qualidade e que reflita sobre suas realidade e a disposição para lutar e fazer da rua um espaço de construção da democracia.

Leia o documento na íntegra no link abaixo.

Na luta pelo cumprimento do Plano Nacional de Educação

meta8.PNG

Nós dos Fóruns de EJA do Brasil convidamos você a se juntar a nós na divulgação deste vídeo (clique aqui para acessá-lo) que lembra aos governantes o que é dever deles de acordo com a lei n. 13.005/2014, cobrando o cumprimento do PNE, em especial, a Meta 8. 

Aguardamos seus comentários ao nosso vídeo e agradecemos a divulgação.

Nenhum Direito a Menos!

Apoie a Educação de Jovens e Adultos!

eja.jpg

Prezadas com-panheiras e prezados com-panheiros,

pedimos sua assinatura para o nosso abaixo-assinado em defesa do cumprimento da lei n. 13.005/2014, em defesa da manutenção e do fortalecimento do Fundo Nacional de Educação e em defesa da Educação de Jovens e Adultos!

Ajude-nos a divulgar!

Clique aqui e assine!

Agradecemos!

Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino propõe criação de Comitê Nacional de Educação contra o Golpe

contee.jpg

Em plenária realizada no começo do mês de junho em Brasília, convocada pela Contee (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino), diversas entidades discutiram estratégias de enfrentamento à atual situação política do Brasil e seus impactos no campo da Educação.

Dentre as deliberações, está a formação do Comitê Nacional de Educação contra o Golpe - Fora Temer, em defesa da Democracia, nenhum direito a menos. Tal Comitê atuará até a votação do impeachment e continuará, independente dos resultados, no formato de Frente Nacional em defesa da educação pública, laica e de qualidade referenciada socialmente. Os Fóruns de EJA no Brasil também atuará no Comitê.

Veja mais aqui.

 

 

Conteúdo sindicalizado