Skip to Content

Fóruns de EJA na luta pelo cumprimento da Meta 10 do PNE

meto10.PNG

Os Fóruns de EJA do Brasil estão na luta em defesa do cumprimento da lei n. 13.005/2014, em defesa da manutenção e do fortalecimento do PNE e em defesa da Educação de Jovens e Adultos, e precisamos de sua participação assistindo este vídeo (clique aqui), divulgando com seus conhecidos, compartilhando e fazendo comentários sobre ele.

Em sua Meta 10, o PNE estabelece como obrigação do Estado brasileiro fornecer, no mínimo, 25% das matrículas de Educação de Jovens e Adultos, nos ensino fundamental e médio, na forma integrada à educação profissional.

Nosso objetivo é contar com você em nossa ação para lembrar aos governantes o que é dever deles de acordo com a lei n. 13.005/2014, cobrando o cumprimento do PNE, em especial, a Meta 10, pois já faz dois anos que o PNE foi aprovado!

Nenhum Direito a Menos!

Na luta pelo cumprimento do Plano Nacional de Educação - Meta 9

meta9.PNG

Os Fóruns de EJA do Brasil desejam que você some conosco na construção da efetividade da Meta 9 do Plano Nacional de Educação (Lei n. 13.005/2014 - PNE) que diz que é dever do Estado brasileiro elevar a taxa de alfabetização da população com 15 anos ou mais para 93,5%  até 2015 e, até o final da vigência deste PNE, superar o analfabetismo entre jovens, adultos e idosos e reduzir em 50% a taxa de analfabetismo funcional.

Acesse o vídeo aqui.

Ajudem-nos a compartilhar a Meta 9 pois já faz doiz anos que ela está no papel!!!

Fóruns de EJA do Brasil em apoio ao Estado Democrático de Direito

Durante a II Plenária Nacional de Educação, realizada em junho de 2016, os Fóruns de EJA do Brasil reafirmaram seu compromisso com a garantia de direitos de jovens e adultos à educação de qualidade e que reflita sobre suas realidade e a disposição para lutar e fazer da rua um espaço de construção da democracia.

Leia o documento na íntegra no link abaixo.

Na luta pelo cumprimento do Plano Nacional de Educação

meta8.PNG

Nós dos Fóruns de EJA do Brasil convidamos você a se juntar a nós na divulgação deste vídeo (clique aqui para acessá-lo) que lembra aos governantes o que é dever deles de acordo com a lei n. 13.005/2014, cobrando o cumprimento do PNE, em especial, a Meta 8. 

Aguardamos seus comentários ao nosso vídeo e agradecemos a divulgação.

Nenhum Direito a Menos!

Apoie a Educação de Jovens e Adultos!

eja.jpg

Prezadas com-panheiras e prezados com-panheiros,

pedimos sua assinatura para o nosso abaixo-assinado em defesa do cumprimento da lei n. 13.005/2014, em defesa da manutenção e do fortalecimento do Fundo Nacional de Educação e em defesa da Educação de Jovens e Adultos!

Ajude-nos a divulgar!

Clique aqui e assine!

Agradecemos!

Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino propõe criação de Comitê Nacional de Educação contra o Golpe

contee.jpg

Em plenária realizada no começo do mês de junho em Brasília, convocada pela Contee (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino), diversas entidades discutiram estratégias de enfrentamento à atual situação política do Brasil e seus impactos no campo da Educação.

Dentre as deliberações, está a formação do Comitê Nacional de Educação contra o Golpe - Fora Temer, em defesa da Democracia, nenhum direito a menos. Tal Comitê atuará até a votação do impeachment e continuará, independente dos resultados, no formato de Frente Nacional em defesa da educação pública, laica e de qualidade referenciada socialmente. Os Fóruns de EJA no Brasil também atuará no Comitê.

Veja mais aqui.

 

 

Repudio aos ataques sofridos pela Prof. Analise da Silva no Fórum Técnico do PEE-MG

Fomeja perfil

Durante a etapa da Região Metropolitana de Belo Horizonte do Fórum Técnico do Plano Estadual de Educação, a professora Analise da Silva, na discussão do grupo 2, sofreu ataques de caráter racistas e machistas que foram desferidos por um homem participante que esperava a conclusão dessa etapa do trabalho. 

Veja o relato completo aqui

 

 

Manifesto do Fórum Mineiro de EJA em Defesa da Democracia e de sua expansão e fortalecimento

Carta Fomeja Março 2016

O Fórum Mineiro de EJA (Fomeja) vem reafirmar seu compromisso com a emancipação e a garantia de direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras, que historicamente não tinham acesso a escola, trabalho e vida dignos. Pelo que vem acontecendo no país, com ondas de retrocesso e de ódio, o Fomeja defende, entre outras coisas, o fortalecimento do PROEJA (Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos) e PRONERA (Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária).

Leia a carta na íntegra aqui

A EJA avança em meio a esperanças

carta foruns de eja no brasil

Imagine enviar uma carta e esperar por anos pela resposta. Imagine que essa carta foi escrita por você e por várias pessoas, e todos vocês ficaram esperando pela resposta. Imagine agora que essa carta tratava de um direito sequestrado de 87 milhões de pessoas.

Os Fóruns de EJA do Brasil lançaram uma carta expondo toda essa situação e solicitando a continuidade do processo de debate e elaboração da Política Nacional de EJA, em função do Plano Nacional de Educação.

Clique na imagem ao lado ou aqui e leia a carta na íntegra.

Vai ter Seminário Nacional de Balanço da Confintea +6 !!!

Carta de apoio ao Seminário Nacional de Balanço da Confintea +6

Os Fóruns de EJA do Brasil vêm manifestar sua satisfação com a proposta de realização do Seminário Nacional de Balanço da Confintea +6 e reafirma posição favorável à realização do Seminário na data agendada, 25 e 26 de abril, em Brasília. 

Para os 88 milhões de brasileiros que tiveram seu direito à educação negado – quando não puderam completar sua escolaridade básica ainda na infância e na adolescência, a realização da Confintea Brasil + 6 representa um momento de extrema importância na medida em que possibilita o redimensionamento e a reafirmação das políticas públicas acordadas e assinadas pelo Brasil no marco das relações internacionais para superar esta realidade tão indesejada, discriminadora e excludente.

Temos acompanhado e contribuído com o Ministério da Educação (MEC) na proposição de política pública, ao sermos chamados ou quando nos indicamos, nas iniciativas que revelam que este Ministério esteja se aproximando dos princípios da participação popular e quando atua no sentido de considerar e pautar o direito dos sujeitos pela Educação. A atual gestão da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) vem demonstrando compromisso político com as causas populares e por essa razão merece e tem nosso reconhecimento. 

Conteúdo sindicalizado